Diretor da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte se reúne com Ministro da Educação para pedir liberação de cinco novos cursos

O Ministro da Educação Mendonça Filho recebeu no dia 15 de junho, uma comitiva liderada pelo senador Wellington Fagundes, o vice-prefeito de Guarantã do Norte Marcelo Castro e o diretor Administrativo e Financeiro da Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte Cássio Brizzi Trizzi. O objetivo do encontro foi pedir a liberação para a implantação de cinco novos cursos na unidade de ensino.

Os cursos que já receberam autorização do Ministério da Educação – MEC e aguardam publicação de portaria no Diário Oficial da União para que seja realizado o vestibular, são: Farmácia, Enfermagem, Psicologia, Arquitetura e Urbanismo e Sistema de Informação.

Segundo Paulo Barone, Secretário de Educação Superior – MEC, os processos voltarão a tramitar para que a Autorização seja publicada em breve.

De acordo com o diretor Cássio, através desta reunião com o Ministro da Educação já foi confirmado que a partir da semana que vem começarão a ser publicadas as portarias de Autorização dos novos cursos no Diário Oficial: “Isso é um anseio da nossa população, devemos muito favor ao senador Wellington que ajudou demais a Faculdade, a desenvolver a região norte do Mato Grosso.

Nós atendemos seis cidades vizinhas, também o sul do Pará, a Faculdade hoje tem 1.300 alunos, atende os indígenas, turmas do Assentamento, turmas das Glebas e tem os ônibus que buscam todos esses alunos para estudar, tudo gratuito, então ela só tem a crescer agora com a liberação desses cursos”.

Para os novos cursos, a IES investiu em professores qualificados, organização didático-pedagógica, infraestrutura e equipamentos adequados, laboratórios, biblioteca e instrumentos de ensino-aprendizagem e multimeios permanentes e atualizados. Foram construídos quatro laboratórios específicos para os cursos de saúde: Laboratório de Microscopia; Laboratório de Química/Bioquímica, Laboratório de Anatomia e Semiologia e Semiotécnica, com máquinas e equipamentos modernos; Um laboratório específico para Arquitetura e Urbanismo: Laboratório de Desenho. Além da infraestrutura, a Faculdade adquiriu 899 livros específicos da área de saúde, 514 para o curso de Psicologia e 1.262 para Arquitetura e Urbanismo.

A Faculdade de Ciências Sociais investe na cidade de Guarantã do Norte e região para proporcionar ensino de qualidade à população, desenvolver uma política científica de atuação nas áreas dos devidos cursos capaz de contribuir para a construção de uma prática profissional transformadora, além de colaborar para o crescimento da região.

Confira a matéria:

Assecom/FCSGN